Dicas para verificar problemas na bobina de ignição

A função da bobina de ignição é transformar a tensão da bateria do veículo em alta tensão, que é levada até as velas pelos cabos de ignição, ou diretamente pelas bobinas. Nas velas de ignição, esta alta tensão é transformada em uma centelha elétrica, que dá início à reação de queima do combustível.

Quando as bobinas operam irregularmente, comprometem o funcionamento do motor do carro, que não realiza a combustão da mistura ar-combustível de forma correta. Além disso, a bobina em mau estado prejudica outras peças do sistema de ignição e injeção eletrônica.

“Essencial para o correto trabalho do sistema de ignição, o mau funcionamento da bobina pode resultar num gasto de combustível além do normal, falhas ou ruídos agudos, fazendo com que o veículo tenha um desempenho abaixo do esperado. Assim, a correta manutenção é essencial”, explica Pedro Valencio, coordenador de Suporte ao Cliente Aftermarket da Delphi Technologies.

A seguir, a Delphi Technologies, fabricante da tríade de ignição – cabo, bobina e vela – aponta o passo a passo para o correto diagnóstico de problemas no componente.

Como detectar problemas na bobina de ignição

  • Leia todos os códigos de falha e dados ativos usando uma ferramenta de diagnóstico (osciloscópio). Compare os valores da bobina que pode estar com defeito com as informações técnicas fornecidas pelo fabricante;

  • Verifique se há sinais de danos na bobina, como rachaduras, ressecamentos, danos na fiação elétrica ou nas conexões do plugue;

  • Remova e inspecione a vela de ignição. Verifique a folga da mesma e o fio do plugue, para garantir que a resistência do fio esteja dentro da especificação;

  • Com a ignição ligada, meça a tensão de alimentação da bobina com um multímetro. A voltagem deve estar em torno de 12,6V;

  • Consulte as especificações das resistências do produto com o fabricante. É importante que as resistências do circuito primário e secundário estejam dentro do especificado para a produção de altas tensões. Atualmente, os carros mais modernos utilizam bobinas que geram tensões superiores a 40.000V. Se estes valores estiverem fora do padrão proposto, faça a substituição do componente. Uma leitura zero indica uma bobina em curto.

  • É recomendado que, na substituição das bobinas de ignição, sejam trocados também os cabos e velas de ignição.


0 visualização
TRABALHE CONOSCO
NOSSO TELEFONE
NOSSOS EMAILS
NOSSOS HORÁRIOS

(21) 2127-0655 / (21) 3869-7109 

 

 

 

 WHATSAPP.: 55 (21) 98561-5127

Segunda a Sexta, das 08h00 às 18h00.

SEJA NOSSO REPRESENTANTE
FORNECEDOR
VOLTE SEMPRE

Ficaremos felizes em atende-los

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
NOSSOS PRODUTOS

- Filtros

- Turbinas

- Cabeçotes

- Eixo virabrequim

- Bicos injetores

- Modulo eletrônico

- Atuador hidráulico 

- Anéis de vedação

- Baterias

ENCONTRE-NOS

Rua. Capitão Bragança, n.º 93 Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ

Cep.: 21.050-030

 

Filtroparts Com de Filtros e Peças Eireli © Todos os direitos reservados. 2019

© 2016 Centro Automotivo | Orgulhosamente criado com Wix.com